Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Monção > Freguesias > Anhões e Luzio
Anhões
Monção


Situada no coração da Serra da Anta, dista 15 km da sede do concelho. Confronta a Norte com Lordelo e Trute; a Nascente com Longos Vales e Merufe, do concelho de Monção; a Sul com Sistelo, Loureda, Alvora e Portela, do concelho de Arcos de Valdevez; a Poente com Luzio do concelho de Monção. São seus lugares principais: Vilar, Aldeia, Redolho, Tomo, Outeiro, Carvalho, Campo, Regueiro e Cividade.

Nesta freguesia está o ponto mais alto do concelho, no sitio conhecido por Castelo do Mendouro, onde se pode ainda encontrar sepulturas célticas (antas). Concordam a toponímia e a arqueologia em atribuir a sua fundação e primeiro povoamento a épocas muito distantes. As Inquirições de 1258 referem-se-lhe no julgado da Penha da Rainha, "in collatione Sanai Jacob de Aguianos". Foi vigairaria do mosteiro de S. Francisco de Monção. Administrativamente, tendo pertencido ao julgado da Penha da Rainha, foi posteriormente incorporada na comarca de Monção.

É nesta freguesia que o rio Gadanha, de grande importância para todo o concelho, tem as suas duas nascentes: uma, abaixo da Anta, em Portela da Anta, no local de Lamego, e a outra no monte das Forcadas, no sítio de Tedão. No sítio da Fisga, junto ao lugar de Vilar, os dois fios de água, até ali desirmanados, acabam por abraçar-se, engrossando, à uma, o caudal do rio. Nas margens do Gadanha, paraíso procurado por pacientes pescadores de trutas mariscas, sobrevivem ainda alguns moinhos, e nas matas da freguesia abunda a caça, com belos exemplares de veados, javalis, coelhos e lebres ou perdizes. Espalhadas pela aldeia, preservam-se ainda algumas, poucas, genuínas casas típicas minhotas, rurais, de dois pisos e em granito, com magníficos canastros. A igreja de Anhões, situada no lugar mais fundo da freguesia é de construção simples, com três altares: o altar-mor, o do Coração de Jesus e o de Nossa Senhora de Fátima. A Capela do Senhor do Bonfim foi construída em 1868 e a sua torre em 1958.

O altar-mor Senhor do Bonfim foi construído em 1868 e a sua torre em 1958. No altar-mor pontificam as imagens de S. Mamede e S. Caetano. Os outros altares estão dedicados ao padroeiro e ao Imaculado Coração de Maria. O templo foi dourado e pintado, entre Maio e Junho de 1967. Os dois coretos do adro, em pedra e cobertos, datam de 1921 e 1922. Há ainda um pequeno oratório para celebração de missa campal. Nas encostas da Serra da Anta estão as Alminhas da Calçada. O nicho, com a marca de 1908, é em granito e protege uma pintura representando Santo António, Cristo Crucificado e o Anjo Gabriel.

A pequena população dos Anhões, ensaiando embora alguma diversificação, vive quase exclusivamente da agricultura e pastorícia e das remessas dos emigrantes, não havendo praticamente família que não tenha no estrangeiro um ou mais membros, uma boa parte na Suíça.

Orago
S. Tiago

População
140 habitantes

Atividades económicas
Pecuária, construção civil e pequeno comércio

Festas e Romarias
Senhor do Bonfim (2.º domingo de junho e último domingo de setembro), S. Tiago (25 de julho) e Nossa Senhora de Fátima (13 de maio)

Património cultural e edificado
Igreja paroquial, mosteiro e capela do Senhor do Bonfim

Outros locais de interesse turístico
Serra da Anta, nascentes do rio Gadanha, antas no alto do Mendouro e no sítio da Portela da Anta

Gastronomia
Cabrito assado no forno "à moda dos Anhões"

Artesanato
Tecelagem de linho e de lã

Luzio
Monção


Situada no coração da serra da Anta, dista 15 km da sede do concelho, pela estrada de Lordelo ao Santuário do Bonfim. Confronta com Trute e Lordelo, a norte, Anhões, a nascente, concelho de Arcos de Valdevez, a sul, e Portela (Monção), a poente. Divide-se em dois lugares principais: Luzio (composto pelos pequenos lugares de Ínsua, Portal, Paço, Outeiro, Luzenças, Pisado, Calastreiro e Trozinhos) e Leiradelo (subdividido por Igreja, Casbeiro, Tola, Bouças, Beçada, Fonte e Casal). Segundo alguns autores, o topónimo Luzio deriva de lampião, luz.

Foi primeiramente do padroado real, mas em 1308, D. Dinis trocou-a por outra com D. João Fernandes de Sotto Maior, bispo de Tui. Passou depois a ser padroado das freiras franciscanas de Monção e, posteriormente (com a ida destas religiosas para o mosteiro da Conceição, em Braga), dos arcebispos bracarenses. Duas partes da freguesia eram couto, marcado, anexo ao de S. Fins, no que tocava ao cível, e no crime pertencia a Monção. Pagava à câmara desta vila vinte e nove mil réis de fumagens (antigo imposto sobre as casas onde se acendia o lume), não estando sujeita a outras obrigações. Os habitantes de Luzio estavam isentos da prestação do serviço militar e de marcharem para a guerra. No entanto, havendo-a entre Portugal e a Galiza, corria por exclusiva conta dos Luzienses defender o vau da Estaca, no rio Minho, abaixo de Lapela. Cada morador pagava de reconhecimento ao mosteiro de S. Fins, anualmente, quatro ovos, um cabrito, três dias de serviço e dez réis em dinheiro.

Os meios-fogos (aqueles cujo chefe é viúvo ou solteiro), metade. Quando aqui viesse o rei, o povo da aldeia, obrigado a imposto especial de visita, dava-lhe uma vaca. Se o monarca trouxesse o filho, então a desobriga era de vaca e meia. A igreja paroquial de Luzio é muito antiga, em estilo barroco. Guarda três interessantes imagens em marfim representando a Sagrada Família. A frontaria é revestida de azulejo branco e, a ladear a porta principal, conta com dois nichos em granito onde se impõem as imagens de S. Veríssimo e da Senhora do Rosário.

A Capela da Senhora do Desterro é simples, remontando a sua construção a 1821. São aqui venerados Nossa Senhora do Desterro e S. Paio, com festejos no último domingo de Julho. No lugar de Leiradelo, a capelinha e as alminhas em honra de Nossa Senhora de Fátima são de construção recente.

Orago
S. Verissimo

População
120 habitantes

Atividades económicas
Agricultura e pecuária e construção civil

Festas e Romarias
Senhora do Desterro (último domingo de julho)

Património cultural e edificado
Igreja paroquial e Capela de Nossa Senhora do Desterro

Outros locais de interesse turístico
Crasto de S. Paio

Gastronomia
Cabrito assado no forno à moda de Luzio



Mais informações em www.anhoes-luzio.com