Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Monção > Áreas de Ação > Património > Património Religioso

Património Religioso

Em todo o concelho, é bem visível a marca de fé e devoção dos seus habitantes, com capelas, alminhas, e igrejas a erguerem-se em diferentes locais do território concelhio. Umas de maiores dimensões, outras mais decoradas, medievais, maneiristas, barrocas, frontarias que representam a riqueza religiosa deste concelho.

Da Idade Média, Mosteiro e Igreja de Longos Vales, um conjunto edificado de referência no românico da Ribeira Minho, foi construído no século XII e, fundado por D. Afonso Henriques (primeiro rei de Portugal), em 1197. Os capitéis e a característica abside – única na Península Ibérica – está esculpida com figuras fantásticas, incluindo serpentes e macacos. A nave apresenta linhas muito simples e arquitectura típica do século XVII.

Na sede do concelho, é de destacar a Igreja Matriz, uma igreja fundada no reinado de D. Dinis no século XIII. Com influências da arquitetura religiosa gótica, manuelina, maneirista e barroca, o seu pórtico – de estilo românico – é digno de ser admirado. No seu interior, a Capela de S. Sebastião – notável pelo seu estilo gótico – possui o jazigo de Vasco Marinho, seu fundador, secretário e confessor do papa Leão X.

Mais à frente no tempo, igrejas e capelas em geral de período posterior ao século XVI, das quais destacamos a Capela de S. Félix, Igreja/Convento de Santo António dos Capuchos, Capela de Santiago, Convento de Merufe, entre outros. No entanto, as mencionadas, são apenas alguns exemplos, pois todos os edifícios religiosos, espalhados pelo concelho, são dignos de referência e de uma visita prolongada.