Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Monção > Município > Histórias e Lendas

Histórias e Lendas


A região do vale do Minho, onde Monção está inserida, é um espaço de forte identidade cultural, com caraterísticas muito próprias e particulares, subjacentes à riqueza do seu património arqueológico, edificado, gastronómico e etnográfico, e a um tipo de vivência que referencia e cataloga a sua população.

Estamos perante uma região detentora de produtos culturais de excelência, reconhecida pela sua tradição em festas e romarias, pelo folclore e artesanato e por uma paisagem única e singular. No centro desta riqueza cultural, destaca-se o património lendário da região.

Perante a necessidade de recuperar este legado histórico de valor e variedade notáveis, emergiu uma vontade coletiva de garantir a sua preservação e continuidade, através das gerações mais novas. Assim, surgiu a publicação “Lendas do Vale do Minho” (2002), a qual apresenta diversas lendas dos concelhos desta região, num trabalho desenvolvido pelo Centro de Estudos de Antropologia Aplicada da Universidade Fernando Pessoa.

Nesta obra, que implicou um criterioso trabalho de pesquisa e estudo da região, com recurso a vários testemunhos de oralidade popular, são retratadas dez lendas do concelho de Monção: A saber: Deu-la-Deu Martins, A Coca, D. Mariana de Lencastre, O Carvoeiro, As Feiticeiras de Crasto, O Outeiro Pedroso, O Penedo da Toca e A Pedra Sobreposta, Os Figos de Ouro, A Vingança de Fernão Gonçalves e A Igreja dos Milagres.