Ir para conteudo

Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Notícias > XXV DESFILE NACIONAL DO TRAJE POPULAR PORTUGUÊS

XXV DESFILE NACIONAL DO TRAJE POPULAR PORTUGUÊS

14.09.2022

24 de setembro, sábado, pelas 21h30, na envolvente da Estátua da Danaide, Largo do Loreto, com a presença de mais de 1200 folcloristas.

 

Numa organização da Federação do Folclore Português, com apoio da Câmara Municipal de Monção e da Fundação INATEL, Monção recebe no dia 24 de setembro, sábado, pelas 21h30, a XXV edição do Desfile Nacional do Traje Popular Português.

 

O desfile terá lugar na envolvente da Estátua da Danaide, no Largo do Loreto, em pleno centro histórico da vila, contando com a presença de representantes de todas as regiões etnográficas do pais, com exceção das ilhas. No local, será colocada uma passerele e bancadas com mais de 40 metros.

 

De edição para edição, o evento tem ganho notoriedade e o número de participantes tem vindo a aumentar. Este ano, aguarda-se a presença de mais de 1200 folcloristas pertencentes a ranchos folclóricos federados. No caso de Monção, o Grupo Folclórico das Lavradeiras de São Pedro de Merufe e o Grupo Folclórico Estrela dos Vales.

 

A tocata será constituída por agrupamento folclóricos de Monção, nomeadamente, o Grupo Folclórico das Lavradeiras de São Pedro de Merufe, o Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita, a Associação Sociocultural e Recreativa de Pinheiros, a Associação “Os Moleirinhos do Gadanha”, e o Grupo de Danças e Cantares de Mazedo.

 

Com orientação do Conselho Técnico Regional do Alto Minho da Federação do Folclore Português, na tocata participará, também, a Associação Cultural “Segadas de Maio”. De acordo com a organização, o desfile incluirá novos quadros e algumas surpresas.

 

Referência, ainda, para a presença de algumas representações de comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo, destacando-se a Casa de Portugal em Andorra e o Grupo Folclórico Alma Lusa, vindo do Brasil.

 

O Desfile Nacional do Traje Popular Português tem como objetivo a divulgação e valorização do modo de trajar do povo português nas últimas décadas do século XIX e primeiras do século XX, bem como a promoção da arte, riqueza e diversidade do traje nacional.