Ir para conteudo

Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Notícias > ASSINATURA DE CONTRATO PARA MELHORIA DOS CUIDADOS DE SAÚDE NO ALTO MINHO

ASSINATURA DE CONTRATO PARA MELHORIA DOS CUIDADOS DE SAÚDE NO ALTO MINHO

31.08.2022

No caso concreto de Monção, proceder-se-á à elaboração do projeto para o Centro de Saúde de Monção.

 

O Presidente da Câmara Municipal de Monção, António Barbosa, esteve presente ontem, em Ponte de Lima, na assinatura do contrato interadministrativo de colaboração entre a CIM Alto Minho, os dez municípios associados, a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS Norte) e a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM).

 

No total, os dez municípios da CIM do Alto Minho e a ULSAM submeteram candidaturas no valor aproximado de sete milhões de euros. Cerca de 3,5 milhões, valor sem IVA, já estão aprovados. Os restantes 3,3 milhões de euros, referem-se ao contrato assinado ontem, o qual contempla a requalificação estrutural de unidades de saúde da região, não envolvendo a instalação de novos equipamentos.

 

No âmbito deste contrato, os municípios vão proceder, de forma articulada, à preparação de projetos para obras de requalificação das unidades de saúde primárias, visando, posteriormente, o respetivo enquadramento nos instrumentos de financiamento, nomeadamente, na componente C1 – Saúde do PRR – Plano de Recuperação e Resiliência português.

 

No caso concreto de Monção, proceder-se-á à elaboração do projeto para o Centro de Saúde de Monção. Os técnicos municipais já realizaram um primeiro levantamento e identificação dos investimentos necessários para a requalificação estrutural do edifício.

 

Esta intervenção, que tem sido reivindicada pelo Município de Monção nos últimos anos, representa, de acordo com António Barbosa, um passo em frente na prestação de melhores cuidados de saúde à população de Monção, vindo de encontro às reais e legitimas necessidades dos profissionais de saúde e utentes.

 

O Centro de Saúde de Monção, localizado junto a rotunda que dá acesso à EN 202 e EN 101, integra a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), sendo dotado de Serviço de Urgência Básico (SUB), servindo uma população que ascende às 20 mil pessoas.