Ir para conteudo

Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Notícias > 12 DE MARÇO: FERIADO MUNICIPAL DE MONÇÃO

12 DE MARÇO: FERIADO MUNICIPAL DE MONÇÃO

04.03.2022
Após dois anos sem celebrações, devido à pandemia, Monção volta a comemorar, com orgulho no passado e confiança no futuro, esta importante data para todos os monçanenses.
 
A carta de foral, outorgada pelo Rei D. Afonso III, a 12 de março de 1261, além de originar ou consolidar a existência da vila de Monção, tornando-a responsável pela condução do seu destino, marca, desde o início, a união da sua história com a da pátria, de cuja fronteira se tornava uma sentinela vigilante.
 
Os séculos posteriores confirmaram o patriotismo dos seus habitantes, através do esforço com que se entregaram a defender a integridade e independência de Portugal e, em tempos mais recentes, a trabalhar incessantemente para aumentar o seu prestigio, trazendo-lhe progresso e prosperidade.
 
Após dois anos sem celebrações, devido à pandemia, Monção volta a comemorar, com orgulho no passado e confiança no futuro, esta importante data para todos os monçanenses, através da realização de momentos simbólicos e iniciativas focalizadas no desenvolvimento económico, cultural e turístico do nosso concelho.
 
O programa deste ano “abre” às 9h30, com a saudação da Banda Musical da Casa do Povo de Tangil, no Largo da Alfândega, seguindo-se, mais hora depois, a cerimónia de entrega de Títulos Honoríficos e Condecorações, no Cine Teatro João Verde.
 
Este ano, serão distinguidos como instituições de mérito o Rancho Folclórico das Lavradeiras de S. Pedro de Merufe e a Associação “Moleirinhos do Gadanha”, com a medalha de prata, e a Associação Sociocultural e Recreativa de Pinheiros, com a medalha de bronze. Após proposta da Comissão de Parecer, as condecorações foram aprovadas, por unanimidade, em reunião da Câmara Municipal, no dia 23 de fevereiro.
 
Pelas 11h30, terá lugar a inauguração da escultura em homenagem ao folclore, junto ao Baluarte de São Bento, na Avenida das Caldas. Pretende-se distinguir a identidade cultural e etnográfica do nosso território, dos quais os grupos folclóricos são um exemplo vivo dessa ruralidade e autenticidade que queremos preservar e valorizar.
 
A celebração da Carta do Foral representa a afirmação da identidade monçanense e dos nossos valores históricos, bem como a valorização das suas tradições e do património cultural das suas gentes. Constitui também uma excelente oportunidade para a promoção do concelho nas mais variadas áreas de intervenção.