Site Autáquico - Câmara Municipal de Monção

Monção

Fale Connosco
> Notícias > PASSADIÇOS DO VALE DO MOURO: PRIMEIROS TRABALHOS ARRANCARAM EM PONTE DO MOURO

PASSADIÇOS DO VALE DO MOURO: PRIMEIROS TRABALHOS ARRANCARAM EM PONTE DO MOURO

24.05.2021

Empreitada refere-se à primeira fase, cerca de um quilómetro, de um projeto que tem como objetivo a requalificação das margens do Rio Mouro até à freguesia de Riba de Mouro.

 

A 1ª fase do projeto “Rio Mouro para Disfrutar”, constando da requalificação das margens do Rio Mouro até à freguesia de Riba de Mouro, já teve iniciou. Numa extensão aproximada de um quilómetro, a empreitada foi adjudicada à empresa “José Brito Faria, Gabinete de Gestão Territorial, Unipessoal, Lda”, pelo valor global de 151.317,42 €.

 

Os primeiros trabalhos decorrem em Ponte do Mouro, lugar histórico do concelho de Monção que, em 1386, foi palco de um encontro entre o Rei D. João I e o Duque de Lencastre, onde foram estabelecidas as condições de cooperação militar entre Portugal e Inglaterra e acordado o casamento do monarca português com Filipa de Lencastre, filha do duque.

 

A presente intervenção, que contempla a valorização dos caminhos existentes e a instalação de passadiços de madeira, começou na zona histórica, passa pela área de lazer, muito procurada no verão, e continua para montante, acompanhando a margem do rio Mouro.

 

No inicio do percurso, será colocado um painel informativo alusivo à história e à importância de Ponte do Mouro no contexto local e nacional, estando igualmente prevista a requalificação da atual travessia pedonal sobre o rio, tornando-a mais acessível, funcional e segura.  

 

Além da requalificação das margens do rio Mouro, pretende-se a criação de mais um motivo de promoção e visitação do território, aumentando o interesse e a atratividade turística na região do Vale do Mouro.  Este investimento possibilitará, também, a abertura de novas oportunidades na área do turismo, potenciando o aparecimento de atividades e serviços ligados ao meio natural e fluvial.

 

Na proposta de trabalho, foram considerados os objetivos de preservação e promoção dos valores ecológicos e ambientais daquele território, assegurando-se, em paralelo, a defesa e valorização dos elementos patrimoniais e paisagísticos existentes, bem como a salvaguarda das áreas de maior sensibilidade natural.

 

Toda a intervenção decorrerá sobre o caminho existente e zonas compactas marginais ao Rio Mouro, não colidindo com a paisagem natural, com os movimentos habituais do rio Mouro em períodos de cheia ou com alterações na vegetação autóctone. A morfologia do terreno será respeitada, através da utilização de técnicas de construção adaptadas a cada local.